Avançar para o conteúdo principal

Jornadas Culturais João da Silva Correia

As segundas Jornadas Culturais do nosso Agrupamento decorreram nos passados dias 25 e 26 de fevereiro, na Secundária e na EB 2.3, promovendo o contacto com diversos saberes noutros contextos, articulando processos de educação não-formal e informal e envolvendo toda a comunidade educativa.
Das atividades desportivas às palestras, das exposições às atividades experimentais e ao contacto com profissionais de diversas áreas, dos jogos matemáticos, filosóficos, ecológicos, culturais aos apenas lúdicos, bem como interpretações teatrais e visitas de estudo a diversas instituições da cidade, inúmeras foram as propostas que envolveram alunos, professores, pessoal não docente, famílias e a comunidade em geral.
As múltiplas atividades em que se envolveram as turmas dos cursos profissionais, evidenciaram o saber e as competências que os alunos têm vindo a adquirir e que constituem valiosas ferramentas para aplicação futura em contexto de trabalho.
Destacam-se as atividades do final do dia, o lanche ajantarado “À Merenda com Bocage”, palestras sobre os distúrbios do sono, da responsabilidade do Professor Doutor Vítor Certal e sobre o GAPyear, dinamizada pelo Serviço de Psicologia e Orientação. As Jornadas tiveram o seu encerramento com o sarau “Festival pela Tolerância”, no âmbito do projeto "Por um mundo mais tolerante”. Estas atividades abertas à comunidade proporcionaram momentos de partilha simultaneamente formativos, culturais e de convívio social. 

Mensagens populares deste blogue

Cerimónia de Entrega de Diplomas

Corta Mato Escolar no Agrupamento

Alunos do 3º ciclo assistem ao espetáculo "Eça Agora!"

O espetáculo "Eça Agora!" decorreu nos Paços da Cultura no âmbito das comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares e foi promovido pela Câmara Municipal de São João da Madeira.

            Participaram neste momento de "contação de histórias" todas as turmas do 3ºciclo, do nosso Agrupamento, as quais "viajaram" à época de Eça de Queirós e ficaram a conhecer dois dos contos do grande escritor português.       Num cenário minimalista e munidos de malas pop-ups que ilustraram partes das histórias "A Aia" e "O Tesouro", três contadores deram a conhecer a vida de Eça, fizeram rir e refletir.