Avançar para o conteúdo principal

Semana Comenius no Agrupamento


 
Entre os passados dias 4 e 10 do presente mês, o Agrupamento recebeu a visita de 16 professores e 19 alunos da Bélgica, Alemanha, Eslovénia, Polónia e Turquia. Esta atividade integrou-se no projeto “Body & Soul” do Programa Europeu Comenius, sendo a terceira mobilidade europeia efetuada desde o início do projeto. A língua de trabalho do projeto é o Inglês e o público alvo, alunos do ensino secundário.

 
Para acolher os visitantes, o Curso Profissional de Técnico de Turismo levou a cabo a recuperação do traje original do Rancho Folclórico Laborânea, de acordo com fotografia da época da autoria de Carlos Alberto da Costa, constante da obra “Memórias de Tempos Idos”, de Levi Moreira da Costa. O projeto contou com o apoio da Câmara Municipal e a colaboração da FEPSA, e da Universidade Sénior, e graças ao Grupo Malisã, esta amostra do património sanjoanense permaneceu exposta no átrio da escola ao longo de toda a semana. Os trajes serão cedidos ao Turismo da cidade, logo que a seja definida a sua futura localização. Coube também ao Curso Profissional de Técnico de Turismo a receção e acolhimento aos visitantes durante a sua estadia na escola, tendo esta sido uma excelente oportunidade para os alunos porem em prática os conteúdos que vão adquirindo ao longo do curso.
 

A abertura oficial do programa foi levada a cabo no Auditório da Escola Secundária, pela Diretora do Agrupamento, Margarida Violante e pela coordenadora do projeto, Maria Teresa Rowett, tendo a apresentação do Agrupamento, da Escola Sede e breves dados sobre a cidade ficado a cargo da equipa dos nossos alunos. Foi sublinhada a importância do Programa Comenius para o enriquecimento e formação integral dos alunos, a real partilha de vivências interculturais no seio familiar e todos os benefícios que daí advêm. No dia 6, as delegações foram também calorosamente acolhidas no Salão Nobre da Câmara Municipal pelo Presidente da Câmara, Ricardo Figueiredo e Dilma Nante, Vereadora da Educação. O Presidente apresentou as características da cidade, destacando a indústria como a sua grande mais valia enquanto fator de desenvolvimento e competitividade, não deixando de referir o investimento na educação e formação contínua, bem como a importância dada à cultura, como fatores de promoção da nossa cidade. De forma cordial, demonstrou curiosidade pelas características das regiões de proveniência de cada delegação, colocando aos seus representantes algumas questões a propósito e tendo recebido algumas lembranças por parte dos visitantes.

O grupo partiu depois para uma visita à E.B. 1 dos Condes e E.B 2/3, de forma a ter no terreno uma visão mais concreta da noção do Agrupamento. Na E.B.1, os visitantes foram recebidos pela coordenadora da escola, Dulce Resende e pela professora de Inglês Patrícia Silva, tomaram conhecimento da história da escola, visitaram o espaço conservado à época do Estado Novo, e tiveram oportunidade de assistir a uma aula de Mandarim, projeto anteriormente apresentado pelo presidente da Autarquia. Na E.B. 2/3, foi feita também a apresentação e caracterização da escola pelas professoras Fátima Pires e Isabel Troça. Houve lugar a um momento de descontração proporcionado por um grupo de alunas do Ensino Integrado de Dança, que espalharam energia positiva ao som da música “Happy”. No final do dia, e já na Escola Secundária, a atividade aberta à comunidade “Aldeia portuguesa”, pretendeu recrear o ambiente típico de uma festa popular, divulgando uma vez mais a nossa cultura e património. Contou com a animação do Grupo de Percussão dos Ecos Urbanos, dinamização de jogos tradicionais, exposição de artesanato e elementos característicos da cultura popular portuguesa, e as famílias e demais participantes requintaram nos contributos gastronómicos apresentados. A atividade foi bastante participada, tendo-se registado cerca de 150 presenças entre professores, alunos e familiares. A Autarquia esteve representada nas pessoas da Presidente da Junta de Freguesia, Dra Helena Couto e do Vice-Presidente da Câmara, Dr. Rui Costa. Os visitantes mostraram-se encantados com a atividade, tecendo os maiores elogios à afabilidade do nosso povo.

 
 
No seguimento da promoção do património da cidade, o grupo visitou o Museu da Chapelaria, e as empresas Viarco e a Helsar. No dia 7 foi feita uma visita à cidade de Coimbra, com vista guiada aos espaços da Universidade, Património Cultural da Humanidade, e já no regresso, às Caves Aliança/Underground Museum. O dia 9 foi passado na cidade do Porto, com início no Estádio do Dragão, visita guiada no Centro Histórico, visita a caves de Vinho do Porto, Cruzeiro das 6 Pontes no rio Douro e momento de descontração ao final da tarde, na praia.

Na escola, e para além das atividades fixas constantes da estrutura do projeto, os alunos dos vários países foram a várias salas de aula e apresentaram as suas escolas a turmas diversas, tiveram uma aula de abordagem à Língua Portuguesa, uma de Física, outra de Geologia e ainda uma de TIC, onde construíram um calendário com imagens relativas ao património dos seus países. Em trabalho de oficina, foram desafiados a decorarem cada um o seu chapéu, que levaram consigo como recordação da visita à nossa cidade. Foram-lhes proporcionados momentos de convívio no final da tarde, ficando depois ao cuidado das famílias de acolhimento. No sábado, dia 10, a despedida foi difícil e a comoção apoderou-se dos alunos, quer visitantes, quer de acolhimento, tendo-se prolongado alguns choros dos visitantes até à chegada ao aeroporto! Algumas famílias de acolhimento convidaram os alunos acolhidos a voltarem no verão e foi com essa esperança que muitos seguiram viagem de volta aos seus países. Foi assim cumprido um dos princípios do Programa Comenius, contribuir para a divulgação dos valores, culturas e línguas europeias, partilhando simultaneamente boas práticas pedagógicas.
 

Mensagens populares deste blogue

Cerimónia de Entrega de Diplomas

Corta Mato Escolar no Agrupamento

Alunos do 3º ciclo assistem ao espetáculo "Eça Agora!"

O espetáculo "Eça Agora!" decorreu nos Paços da Cultura no âmbito das comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares e foi promovido pela Câmara Municipal de São João da Madeira.

            Participaram neste momento de "contação de histórias" todas as turmas do 3ºciclo, do nosso Agrupamento, as quais "viajaram" à época de Eça de Queirós e ficaram a conhecer dois dos contos do grande escritor português.       Num cenário minimalista e munidos de malas pop-ups que ilustraram partes das histórias "A Aia" e "O Tesouro", três contadores deram a conhecer a vida de Eça, fizeram rir e refletir.