Avançar para o conteúdo principal

Inauguração da exposição "A Física no dia a dia"

No passado dia 12, pelas 14h30, na E.B. 2/3, ocorreu a inauguração da exposição “A Física no dia a dia”. Esta inauguração incluiu a representação do poema “Lágrima de Preta”, protagonizada pelo grupo de teatro e uma interpretação musical de 3 alunos, que brindaram os presentes com a canção “Pedra Filosofal”. Salienta-se, também, a receção e o acolhimento a esta inauguração que esteve a cargo dos alunos do 12º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A exposição baseia-se na obra “A Física no dia a dia” de Rómulo de Carvalho e foi promovida pelo programa O Mundo na Escola, criado em Abril de 2012 pelo Ministério da Educação e Ciência. A iniciativa tem como objetivo aproximar a comunidade escolar dos profissionais das várias áreas do saber, das artes às ciências e às letras. Pretende-se despertar os jovens para o fascínio da ciência, recorrendo a objetos do quotidiano para explicar princípios básicos da Física Clássica e criando uma nova visão do mundo que nos rodeia. 
 
Esta exposição estará patente na EB 2/3 até ao dia 28 de fevereiro, estando aberta ao público em geral, inclusive aos sábados. Nos sábados de 15 e 22 fevereiro, a exposição contará com a participação dos alunos do 10º e 11º anos do Curso Profissional de Técnico de Turismo, que em contexto real irão aplicar os seus conhecimentos na receção e acolhimento aos visitantes.
 

Mensagens populares deste blogue

Cerimónia de Entrega de Diplomas

Corta Mato Escolar no Agrupamento

Alunos do 3º ciclo assistem ao espetáculo "Eça Agora!"

O espetáculo "Eça Agora!" decorreu nos Paços da Cultura no âmbito das comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares e foi promovido pela Câmara Municipal de São João da Madeira.

            Participaram neste momento de "contação de histórias" todas as turmas do 3ºciclo, do nosso Agrupamento, as quais "viajaram" à época de Eça de Queirós e ficaram a conhecer dois dos contos do grande escritor português.       Num cenário minimalista e munidos de malas pop-ups que ilustraram partes das histórias "A Aia" e "O Tesouro", três contadores deram a conhecer a vida de Eça, fizeram rir e refletir.